Rainha Elizabeth II morre aos 96 anos

Depois de 70 anos de reinado, Elizabeth II faleceu ontem (8), no castelo de Balmoral, na Escócia. O falecimento da monarca mais longeva do Reino Unido foi confirmado pelo perfil oficial da família real no Twitter às 18h30 (horário local) — 14h30 no Brasil. Ela tinha 96 anos.

No pronunciamento realizado pela rede social, foi anunciado que “a rainha faleceu pacificamente em Balmoral nesta tarde. O rei e a rainha consorte permanecerão em Balmoral nesta noite e retornarão para Londres amanhã”.

Até o fechamento desta edição, a causa da morte não havia sido divulgada. O filho mais velho da rainha Elizabeth II, Charles, assume automaticamente o papel de monarca do Reino Unido — e adota o nome Charles III. Sua esposa, Camilla Parker Bowles, torna-se rainha consorte.

O primeiro herdeiro na linha sucessória do trono britânico passa a ser o príncipe William, filho mais velho do rei Charles III e da princesa Diana, falecida em 1997.

Foto: Reprodução Twitter / The Royal Family

Rock in Rio começa hoje — conheça as atrações do festival

Um dos mais tradicionais festivais de música do Brasil retorna hoje ao Rio de Janeiro. O Rock in Rio ocorre ao longo de todo o fim de semana, faz uma pausa a partir de segunda-feira e retorna entre os dias 8 e 11 de setembro de 2022, no Parque Olímpico, na Zona Oeste da capital carioca.

Entre as principais atrações estão nomes como Coldplay, Green Day, Dua Lipa, Avril Lavigne, Guns N’ Roses, Justin Bieber, Living Colour, Racionais MC’s, Gilberto Gil, Duda Beat e dezenas de outros artistas brasileiros e internacionais.

Na primeira noite, é a vez do heavy metal, com shows de Iron Maiden, Dream Theater, Gojira e Sepultura (banda que toca acompanhada da Orquestra Sinfônica Brasileira).

Os ingressos para o evento estão esgotados, mas há transmissão pelos canais pagos Multishow e BIS, pela TV aberta na Globo (melhores momentos) e pelo streaming no Globoplay.
Confira aqui as datas e horários para não perder seu show favorito!

Montagem: Reprodução G1

Seca no hemisfério norte faz navios da 2ª Guerra e pegadas de dinossauros ressurgirem

A histórica seca registrada em diversos países do hemisfério norte nas últimas semanas tem trazido prejuízos e já se fala até em impacto à economia global. Mas o período também tem provocado fenômenos bastante curiosos. Com o nível de água mais baixo em rios e lagos, diversos objetos e vestígios arqueológicos vêm ressurgindo.

Na Sérvia, por exemplo, cerca de 20 navios alemães da época da Segunda Guerra Mundial reapareceram após anos submersos no rio Danúbio (veja um deles na foto). Nos EUA, pegadas de dinossauros podem ser vistas no Parque Estadual do Vale dos Dinossauros, no Texas. Estima-se que as marcas tenham mais de 113 milhões de anos.

Outros vestígios vêm sendo observados devido à seca e a diminuição do nível das águas: uma bomba da Segunda Guerra na Itália, as chamadas “pedras da fome” na Alemanha, um círculo de pedras pré-histórico na Espanha e estátuas budistas na China são alguns exemplos.
Saiba mais na reportagem do G1.

Foto: REUTERS/Fedja Grulovic | Reprodução G1

Após ter ataque cardíaco enquanto dormia, britânica diz que gato salvou sua vida

Uma mulher de Nottinghamshire (Inglaterra) diz que o gato de estimação da família salvou sua vida. Ao perceber movimentos estranhos da tutora Sam Felstead enquanto dormia, Billy pulou sobre ela, acordando-a. Foi neste momento que Sam percebeu que não estava sentindo o lado direito do corpo.

Com apoio de sua mãe, a britânica conseguiu ser encaminhada ao hospital e receber atendimento médico. A rapidez com que chegou ao local para ser tratada foi crucial para evitar o óbito, disseram os profissionais de saúde.

De acordo com reportagem da BBC, especialistas em felinos confirmam que os gatos respondem a movimentos, e o comportamento de Sam durante o sono pode, de fato, ter chamado a atenção de Billy — o que acabou sendo um fator decisivo para impedir que o ataque cardíaco tivesse um desfecho diferente.

Hora de atualizar as prescrições médicas de pacientes cardíacos: ter um gato pode fazer toda a diferença. 😻

Foto: BBC

De “crime contra o bom gosto” a recorde de vendas, nova camisa azul do Brasil faz sucesso

Apesar da polêmica, a nova camisa azul da Seleção Brasileira é um sucesso de vendas. Considerado “um crime contra o bom gosto” pelo jornalista esportivo britânico Jack Lang e apelidado de “camisa da Juma” (em referência à personagem da novela “Pantanal” que se transforma em onça) nas redes sociais, o uniforme que será usado pelo time de Tite na Copa do Mundo foi bem recebido pelo público.

E olha que os preços não eram dos mais baixos… Vendida por R$ 349,99 no site da fornecedora de material esportivo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a camisa ficou rapidamente fora de estoque em todos os tamanhos (do P ao GGGG) e modelos (masculino e feminino).

E você, gostou do visual “oncinha” do escrete canarinho na Copa? E o mais importante: será que o hexa vem com esse modelito? Em dezembro saberemos…

Imagem: Divulgação Nike | Reprodução UOL

Adaptação dos quadrinhos, primeira temporada da série “Sandman” chega à Netflix

A aguardadíssima adaptação de “Sandman”, série em quadrinhos para adultos (calma, não é pornografia!) escrita pelo britânico Neil Gaiman, já está disponível para assinantes da Netflix. Uma das mais aclamadas HQs de todos os tempos, “Sandman” foi lançada originalmente em 1989 e, desde então, sua adaptação para as telas foi tentada em diversas ocasiões, sem sucesso.

Com a supervisão de Gaiman, a primeira temporada da série baseada no best-seller da DC Comics finalmente chegou ao streaming com grandes expectativas dos fãs. Nos primeiros 10 episódios, as 16 edições iniciais de “Sandman” — que compõem os arcos “Prelúdios & Noturnos” e “Casa de Bonecas” — foram adaptadas.

O desconhecido Tom Sturridge assume o papel principal (que também atende pelos nomes de Sonho e Morfeu) e, na primeira leva de episódios, interage com sua irmã Morte (Kirby Howell-Baptiste), o Coríntio (Boyd Holbrook, interpretando o responsável pelos pesadelos no Mundo do Sonhar) e a maga Johanna Constantine (Jenna Coleman), entre outros.

Nesta semana, a revista Quem trouxe uma matéria com tudo que você precisa saber antes de assistir a série.

Imagem: Divulgação Netflix

Desenvolvimento de games com cenários brasileiros ganha força

Já pensou em jogar um game no qual é possível controlar uma personagem que se aventura pelo sertão do século XIX? Ou enfrentar um ataque zumbi na quebrada de São Paulo? Essas são duas ideias que já vem ganhando espaço no mercado de jogos eletrônicos.

O primeiro é o game Árida, no qual o jogador direciona a personagem Cícera, que procura por seus pais em meio à seca. Lançado em 2019 pela Aoca Game Lab, da Bahia, o jogo já tem uma continuação em desenvolvimento. “Identificamos a oportunidade de criar jogos com forte pegada narrativa, influenciados pela história e pela cultura popular do Brasil”, explica Filipe Pereira, CEO e produtor da Aoca, em entrevista ao site Nonada.

Outro exemplo é o game Guetto Zombies, no qual o jogador deve encarar uma invasão zumbi na quebrada paulistana. Desenvolvido pelo estúdio Fogo Games, o jogo já tem uma versão demo disponível e a empresa busca financiamento para colocá-lo no mercado. Ainda bem que essa parada acontece só nas telas, porque de desgraça já basta nesse país, né?

Imagem: Divulgação Árida | Reprodução Nonada

Álbum de figurinhas da Copa do Mundo ganha data para chegar às bancas

O álbum oficial da Copa do Mundo do Catar chegará às bancas de jornal do Brasil no dia 15 de agosto, de acordo com anúncio da Panini, empresa responsável pela elaboração, produção e edição junto à Fifa. Segundo a fabricante, o álbum terá 670 cromos, sendo 50 especiais e 80 raros.

Lançado pela primeira vez na Copa do Mundo do México, em 1970, o álbum oficial vira febre a cada edição do mundial, causando frenesi entre os torcedores.

Para os mais apressadinhos, já é possível adquirir um exemplar na pré-venda, iniciada no site oficial da Panini. O pacote custará R$ 4 (o dobro do valor cobrado para o mesmo produto na última edição).

Então, prepare o bolso. E para dar uma economizada, o jeito vai ser trocar!

Foto: Gazeta Esportiva

Uísque escocês vendido a R$ 103,5 milhões pode ser o mais caro do mundo

Vendido por 16 milhões de libras, ou R$ 103,5 milhões, o uísque escocês do rótulo Ardbeg, de 47 anos, pode ser o mais caro do mundo até então.

Por ter sido arrematado em um leilão particular, é difícil determinar com precisão se a venda deste uísque sugere um recorde para a categoria. Mas, segundo o porta-voz da Ardbeg, este é o barril mais caro já vendido pelo rótulo.

O alto valor está relacionado não apenas ao barril mas à raridade do rótulo. De acordo com o CEO da destilaria, há apenas 25 anos o uísque Ardbeg estava à beira da extinção.

Agora, de posse ao equivalente a 440 garrafas de uísque, o novo proprietário criará uma série de uísques raros — com aroma de nozes, ervas defumadas, notas de café, hortelã e alcatrão — que será engarrafado aos poucos ao longo de 5 anos.

Resta saber se, para os apreciadores da bebida, o preço da ressaca (no bolso) compensa.

Foto: Divulgação Ardbeg

Tempestade nos EUA assusta ao deixar o céu completamente verde

Na última terça-feira (5), imagens e vídeos impressionantes tomaram conta das redes sociais dos residentes de Dakota do Sul, nos Estados Unidos. Eles foram surpreendidos com a aparência do céu, que ficou verde após a passagem de uma forte tempestade que atingiu o Meio Oeste e o Norte das Planícies Centrais do país.

Não existe um consenso na comunidade meteorológica sobre a causa exata do fenômeno. Há quem diga que o céu verde é associado a chuvas de granizo e tornados, enquanto outros estudiosos defendem que a tonalidade é uma influência direta do sol.

Foto: Twitter/@aresel_