Prontmed - Design Dados Segurança

Chat
Retornar

Prontmed participa de evento focado em investimentos entre Brasil e Índia

A Índia e o Brasil têm uma longa história de parcerias comerciais que se baseia em uma visão global comum, na qual compartilhamos valores democráticos e um compromisso: promover o crescimento econômico com inclusão social, pensando no bem-estar das pessoas nos dois países.

Levando em conta toda essa trajetória, o BRICS Chamber of Commerce & Industry promoveu um webinar sobre “Oportunidades de Investimento na Índia e no Brasil”, no dia 16 de junho de 2021. Fomos convidados para participar desse bate-papo com outros entusiastas dos setores de saúde e inovação que desejam expandir sua atuação nos negócios.

Nosso representante no evento foi o CEO Lasse Koivisto, que debateu o assunto com Sameep Shastri, vice-presidente do BRICS CCI , Ashwin Raguraman, sócio fundador da Bharat Innovation Fund, Gustavo Cavenaghi, head de Investimentos e gerente de Portfólio da Kortex Ventures, Mudit Dandwate, CEO e cofundador da Dozee, Deepak Bagla, médico e CEO da Invest India, Augusto Pestana, presidente da Apex-Brasil, Vishwas Tripathi, presidente do BRICS CCI, Ashok Kumar Singh, vice-presidente do BRICS CCI e Dr. BBL Madhukar, diretor-geral do BRICS CCI. Participaram do evento, ainda, André Aranha Corrêa do Lago, embaixador do Brasil na Índia, e Suresh Reddy, embaixador da Índia no Brasil.

Embaixadores e investidores falaram a respeito de suas expectativas na área da saúde

Vishwas Tripathi, presidente do BRICS CCI, deu início ao evento destacando as relações diplomáticas entre Brasil e Índia, que começaram de maneira formal a partir da independência indiana, em 1948. “Infelizmente, ambos os países têm sofrido muito com a Covid-19, especialmente com a segunda onda. A pandemia nos colocou para baixo, mas agora estamos nos levantando e nos preparando para o futuro da forma mais eficiente”, observou.

Deepak Bagla, da Invest India, salientou o papel significativo que Brasil e Índia terão, tanto individualmente quanto em parceria, na economia ao longo desta década. “Turismo, equipamentos médicos, biotecnologia, construção, tecnologia, combustíveis… A relação entre Brasil e Índia é multidimensional. Mas só conseguiremos avançar neste relacionamento com inovação e suporte às startups”, acredita o CEO. “Vejo essa parceria se tornando algo importante não apenas para indianos e brasileiros. Podemos levar soluções inovadoras capazes de impactar o mundo todo”, complementou.

Para o embaixador André Lago, 2021 marca uma nova dimensão no relacionamento entre Brasil e Índia. “Temos que trabalhar juntos para desenvolver produtos e serviços capazes de atender às necessidades das pessoas. Somos famosos por sermos bons negociantes, mas nossas burocracias não são simples. Contamos com empreendedores dinâmicos, inteligentes e que sabem encontrar soluções. A boa relação entre empresários brasileiros e indianos deve ser estimulada e estruturada”, ponderou Lago.

O embaixador Suresh Reddy se disse muito feliz com a nova parceria que está começando. “A pandemia remodelou o mundo, com a tecnologia digital marcando presença de forma ainda mais intensa. O mercado está pronto para colocar seu dinheiro onde interessa e está faminto por investir em produtos que façam a diferença para as pessoas”, destacou.

Augusto Pestana, presidente da Apex-Brasil, salientou a quantidade de startups no país e o imenso potencial de crescimento deste mercado, considerando que investimentos sejam realizados: “hoje temos 13 mil startups no Brasil, com grande número de incubadoras e aceleradoras. Quero enfatizar que o setor de saúde representa cerca de 9% do PIB brasileiro e sempre foi tratado como de grande importância. Temos mais de 500 healthtechs no setor e convidamos investidores da Índia a integrarem esse mercado”.

Gustavo Cavenaghi, da Kortex Ventures, falou sobre o que os investidores buscam em uma startup: “ótimas empresas, com um grande time e capazes de resolver grandes problemas. Queremos investir em negócios que nos ajudem a construir o futuro juntos — empresas ousadas, que tragam retorno financeiro, mas não só isso. Tentamos extrair valor em toda a jornada e dar o suporte às startups ao longo do caminho”.

CEO Lasse Koivisto destaca importância da cooperação entre startups e grandes empresas

Nosso CEO, Lasse Koivisto, reafirmou as palavras do presidente da Apex-Brasil, com o número de start-ups de saúde no Brasil “explodindo”. Para o empreendedor, a pandemia mostrou uma série de falhas do sistema de saúde no Brasil, problemas que nunca foram tratados, o que gera uma série de oportunidades para quem entrar no mercado.

“O principal desafio para a gente, e é algo que a pandemia nos ajudou a entender, é a importância de cooperar. Não podemos, como startup, mudar sozinhos as grandes questões do setor. Ter ajuda de outras companhias para navegar nesse mercado, que é o mais complexo em nosso país, é fundamental”, destacou.

Assista ao webinar (em inglês) na íntegra:

Escrito por
Marketing Prontmed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *